segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Mais acostumado ao modus operandi do hospital, mas ainda com sérias dificuldades na habituação ao trabalho permanentemente banhado em súor, sinto que o balanço de hoje foi muito positivo.
Durante as próximas semanas ficarei responsável por algumas camas de uma das enfermarias da Pediatria e começa a tornar-se mais claro o tipo de patologias com que lidarei durante a minha estadia. Hoje foi também dia de Banco de Urgência e, se a maioria das situações se tratam de doenças diarreicas e de infecções respiratórias a que estamos bastante habituados no nosso país, outras situações como casos de paludismo ou de desnutrição graves constituirão um grande desafio às minhas competências! Ainda para mais quando, como vos disse anteriormente, não há água no hospital e os recursos técnicos são praticamente inexistentes. Essa parece-me que será a principal dificuldade com que terei de lidar durante a minha estadia. Enfrentar a frustração de não ser, em algumas situações, capaz de evitar um desfecho trágico, apenas por falta de meios.
Uma grande ajuda é o final do dia no Café & Companhia (de onde vos escrevo) onde se reunem muitas das pessoas que participam nas diversas cooperações e partilham as suas experiências nesta terra com tantos problemas.

Aproveito este post para enviar cumprimentos aos meus colegas que iniciaram hoje as suas provas de conclusão do internato e brevemente serão brilhantes Pediatras. A todos, MUITO BOA SORTE!

5 comentários:

Anónimo disse...

boa ricardo , bebe um sumo de manga por mim no café e cia
abraço

jorgeforro

Linda C. disse...

À custa da falta de "matéria-prima", todo o esforço pode parecer pouco, mas tem um impacto brutal na vida das pessoas. Força!

Parabéns à equipa pelo projecto ambicioso e tudo de bom para o mesmo.

C F disse...

Um beijinho, que tudo continue a correr muito bem e que possas continuar ajudar e a tratar muito bem os meninos de São Tomé e que eles gostem muito de ti


Um beijinho
Ana Basto (9A) e João Basto(6A)

Sofia disse...

Querido Ricardo,

por cá temos saudades tuas...mas continua cheio de força a tentar cuidar desses meninos e meninas despojados de muito porque mesmo sem meios, sabemos que és capaz!
E aquela previsão minha já está a ser concretizada?
Asneirinhas...
Um beijo da sempre Amiga

by Sofia Paupério

Ana Maia disse...

Olá Ricardo, aproveito a tua escrita na esplanada para te dizer que "sim, tu és capaz". Força! Esta etapa passará rapidamente e será superada com esforço e muito suor, certamente. A dificuldade, dentro em breve, será efectuar SU na UPIP, vais ver. Aproveita o calorzinho, porque aqui só dá chuva e muita, muita....
Bj´s
Ana Maia